Como melhorar o site?

O site está moderno? Como colocar o site no Google? Como colocar no Facebook? Como...

Pois é, essas perguntas são todas válidas e possuem diversos testes que podem ser feitos para saber a resposta. Diagnosticar a saúde do site é um investimento que deve ser feito constantemente, pois a tecnologia está evoluindo e se o site não recebe a manutenção correta ficará ultrapassado, então, preciso apontar mais um aspecto importantíssimo sobre sites ultrapassados: eles não funcionam. Pior do que isso, afetam a imagem do seu negócio. 

Imagine por um instante que você precisa encontrar uma empresa de Consultoria Empresarial e busca pelo serviço no Google. Nesse momento, uma série de fatores farão com que você acredite que encontrou o que procurava, quando na verdade o que você procurava te pescou, como? Certamente você irá clicar em um dos 5 primeiros resultados do Google ou muito provavelmente, em um resultado pago (Anúncios Google / AdWords) e posso lhe garantir que provavelmente essa empresa sabe mais sobre "Como fazer um site se destacar no Google" do que "Como fazer a sua empresa dar certo".

Mas o processo não para por aí, pois mesmo se essa empresa conseguir um bom posicionamento, e isso pode ser feito por meio de anúncios pagos, ela pode jogar todo o investimento fora se ao fisgar o “peixe” não tiver uma linha forte o suficiente para trazê-lo para o barco, explicando a metáfora, de nada adianta ganhar o clique do usuário se seu site estiver com links quebrados, design retrógrado ou mesmo apresentando falhas em certos dispositivos, que para o seu asar, o “Grande Marlin Azul” estava usando nesse momento. Para ele, sua empresa já foi descartada, eu disse, descartada. Era melhor nem ter aparecido.

Vamos então aos testes. Vale ressaltar que esses testes nem sempre indicam um trabalho mal feito e sim, na maioria dos casos, um projeto ultrapassado. Esses testes visam verificar se o site consegue se comunicar com as principais diretrizes do ambiente virtual hoje em dia, destinadas a indexação, compartilhamento e apresentação de conteúdo relevante ao usuário.


SEO

Do inglês, Search Engine Optimization, essa técnica busca trabalhar a forma como o site é construído, visando facilitar os mecanismos de busca a organizar as informações e distribuir/promover o conteúdo no meio. 

Uma verificação básica que pode ser feito a respeito dessa técnica consiste em acessar o Google e pesquisar por: site:www.seudomínio.com.br

Exemplo: Para saber como o Google enxerga o site da minha empresa pesquiso por – site:www.aldabra.com.br - Assim teremos o índice do site na internet, apresentando de antemão a quantidade de páginas indexadas. 

seo-google

Aqui, menos é menos! O site precisa trabalhar para aumentar a presença online, para tanto, o gerenciamento precisa ser programado visando gerar novas páginas sempre que um conteúdo novo for cadastrado. 

Além do n° de páginas é importante analisar como o Google monta o anúncio de cada página. O título está legal? A descrição está coerente com o conteúdo? O link está funcionando?


seo-google-aldabra


Se desejar saber um pouco mais a respeito desse critério, recomendo ler o artigo sobre - Como configurar o site para se destacar no Google.


SEM

O SEM, do inglês, Search Engine Marketing, possui uma função parecida com o SEO, porém voltada ao compartilhamento do conteúdo através das Redes Sociais. Aqui o teste é muito simples, basta copiar o endereço das páginas do site e colar no campo de postagem do Facebook. Observe como o Facebook formatará o anúncio. 

Uma formatação ideal para o Facebook deve prever o conteúdo destinado ao título, descrição e imagem promocional. Veja no exemplo abaixo como a página aldabra.com.br é formatada:

sem-facebook-aldabra
Observação: Além da home, o ideal é realizar o teste para as páginas internas do site. Também recomendamos fazer a mesma ação no Twitter ou se for o caso, em alguma outra rede social popular ao público-alvo desejado.


RESPONSIVIDADE

Para que o site possa transmitir as informações contidas de forma eficiente é importante que o layout se adapte ao dispositivo que o usuário está utilizando, seja ele um computador desktop, notebook, tablet ou smartphone. Vale pontuar que a busca por produtos e serviços utilizando o smartphone já representa quase 50% e só tende a crescer.

Para realizar esse teste basta acessar o site do telefone e verificar se o mesmo reorganiza as informações tornando a navegação mais simples e a leitura mais agradável. Um outro método interessante é diminuir gradativamente a janela do browser e observar se o layout vai mudando.

layout-responsivo

Esses foram apenas três dos diversos testes que podem ser realizados para verificar a saúde de um projeto na internet. O site é um organismo vivo que necessita ser alimentado e analisado frequentemente para garantir que a mensagem transmitida por ele esteja à altura de seu negócio, caso contrário, o mesmo pode passar a se auto sabotar e virar seu maior inimigo online.

Caso tenha interesse, entre em contato conosco e nós poderemos lhe fornecer uma análise básica gratuita de seu site.
comentário(s) no Facebook.