Voltar

Computador desktop, notebook ou tablet?

Será o fim do computador de mesa? Veja os prós e contras de cada opção.

Em 2010, o diretor de vendas on-line do Google europeu, Jonh Herlihy, e o presidente-chefe do Google, Eric Schmidt, declararam que os computadores de mesa seriam irrelevantes em até 3 anos. Passando esse prazo, não é difícil conferir que notebooks e tablets estão cada vez mais comuns e populares. Mesmo assim, fica a pergunta: a era dos computadores de mesa chegou ao fim?

Para o designer gráfico e diretor da Aldabra, Daniel Jacobsen, a resposta é não – pelo menos por enquanto. Há casos em que os também chamados desktops ainda são vantajosos, como para quem trabalha muitas horas na frente da tela ou precisa de uma parte gráfica mais potente – como exigem alguns jogos. “A manutenção do computador de mesa é mais fácil. Você pode trocar ou inserir um HD, por exemplo. Por um preço melhor, se consegue uma placa de vídeo melhor, mais velocidade e mais capacidade de armazenamento”, diz.

Outra desvantagem dos dispositivos portáteis é a ergometria, isto é, usar um notebook por muitas horas seguidas pode prejudicar a sua postura e causar danos físicos, como dores e lesões pela posição incorreta. “Mas pode-se usar o notebook para trabalhar, conectando um outro monitor ou teclado, ajustando a máquina numa posição que te agrada”, lembra Daniel.

USO
Para o designer, o que define a escolha pela compra de um computador de mesa, notebook ou tablete é o objetivo de uso. Para ele, o tablete é o melhor dispositivo de acesso à internet – mas péssimo se você precisar digitar ou trabalhar nele por muito tempo.

“Eu diria que, se o principal objetivo é trabalho, e, além de tudo, se este trabalho exigir mobilidade, a opção é o notebook. Se o objetivo é diversão, o melhor é o desktop, já que os jogos exigem alta performance e uma boa placa de vídeo. Mas se é só para navegar na internet, a escolha é o tablet, que pode, inclusive, ser um bom complemento para quem tem um computador de mesa”, explica.

Outros fatores podem interferir na escolha, como a idade. Para Daniel, pessoas mais idosas ou com dificuldades de visão devem dar preferência aos desktop, que permitem o uso de telas maiores.

Se seus objetivos são muitos, talvez a melhor opção é ter mais de uma máquina. Foi o que fez a universitária Nicole Guiote, 22 anos, que divide um desktop com a família e possui um notebook que é só seu. “O computador de casa uso mais para lazer. É mais prático, não tem que tirar da capa, ligar bateria, já está pronto para usar. Mas é dividido com meus pais e irmãs, todo mundo usa. O notebook é meu, e uso mais para trabalhos da faculdade. É mais seguro e eu posso levar para onde eu quiser”, conta.


DESKTOP, NOTEBOOK OU TABLET?

Computadores de mesa
Vantagens:
Tem o melhor desempenho e placas de vídeos mais poderosas, por um preço melhor. É de fácil manutenção e upgrade, além de ser mais ergonômico – é mais fácil posicioná-lo de forma a não forçar a vista e a coluna, por exemplo.
Desvantagens: Precisa ter um lugar na casa só para ele e não permite mobilidade.
Para quem: Para quem precisa ficar horas na frente do computador ou trabalha com imagens ou gosta de jogos com muitos gráficos. Para os idosos ou pessoas com problemas de visão, permite a escolha de telas maiores.

Notebooks
Vantagens:
A maior vantagem é a mobilidade: você usa onde quiser. Se não há necessidade de grande desempenho, os preços são acessíveis.
Desvantagens: As configurações mais potentes são muito mais caras que os de mesa. Além disso, pode prejudicar a coluna e o pescoço em uso prolongado.
Para quem: Para quem precisa de mobilidade ou não tem em casa um espaço só para o computador. É ótimo para trabalho, inclusive escolares, e para anotações na faculdade.

Tablets
Vantagens:
Leve e pequeno, é ótimo para acessar a internet e fácil de transportar.
Desvantagens: Não possui programas gráficos, a tela é pequena, o teclado ruim e não há mouse.
Para quem: Para quem quer navegar na internet, acessando e-mail ou fazendo pesquisas escolares. Pode ser um excelente complemente para quem tem desktop

Fonte de pesquisa: Entrevistado e site Tecmundo
Autora: Renata Lacerda : rlacerda@redegazeta.com.br
Publicação: Caderno Vida | Jornal A Gazeta | 22 de julho de 2013

 

COPYRIGHT 2018 - ALDABRA SISTEMAS WEB E DESIGN GRÁFICO LTDA